Olimpíadas Portuguesas da Matemática

O Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, mais uma vez, associou-se à iniciativa da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) e promoveu e organizou, no ano letivo de 2017/2018, a realização das XXXVI Olimpíadas Portuguesas de Matemática no Agrupamento Afonso Paiva.

A 1.ª eliminatória decorreu na tarde do dia 8 de novembro de 2017, tendo participado 17 alunos na Categoria Júnior (6.º e 7.º anos), e 10 na Categoria A (8.º e 9.º anos). Se os alunos conseguirem boas classificações, poderão participar na 2.ª eliminatória, que está prevista para o dia 10 de janeiro 2018. A Final Nacional decorrerá de 22 a 25 de março de 2018, na cidade de Mirandela.

As Olimpíadas Portuguesas de Matemática são um concurso de problemas de Matemática, que visa incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática, dirigido aos estudantes dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e aos que frequentam o ensino secundário.

Os problemas propostos neste concurso fazem sobretudo apelo à qualidade do raciocínio, à criatividade e à imaginação dos estudantes. Um dos objetivos do concurso é a deteção precoce devocações científicas e, em particular, para a Matemática.

As Olimpíadas Portuguesas de Matemática são também o meio de seleção das equipas que irão representar Portugal na oitava edição das Olimpíadas de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em julho de 2018, nas 59.ªs Olimpíadas Internacionais de Matemática (IMO), que decorrerão em julho de 2018, na Roménia, e nas XXXIII Olimpíadas Ibero-Americanas de Matemática, que terão lugar em setembro de 2018, em Portugal e Espanha.

-----

Mais fotografias em (publicação de 17/11/2017): Facebook Afonso de Paiva

EB e JI de Salgueiro do Campo mantêm bem viva tradição do “Santorinho”

No Salgueiro do Campo, a tradição ainda é o que era, por isso, no dia 31 de outubro, os alunos do 1. º ciclo e do jardim de infância percorreram as ruas da aldeia para pedir os “Santorinhos”. Com grande alegria, fomos batendo de porta em porta. Saudando esta iniciativa, todas as pessoas colaboraram e contribuíram.

Assim, recebemos bolachas, bombons, chouriças, bicas de azeite, pão…e algumas moedinhas.

Estas ofertas vão servir para premiar atitudes corretas das crianças e/ou para adoçar alguns momentos de gulodice!! 

-----

Mais fotografias em (publicação de 13/11/2017): Facebook Afonso de Paiva

E o Pilhão voltou à Escola!... Vamos reciclar mais?

O Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva recebeu este ano, à semelhança do que tem acontecido em anos anteriores, o certificado de participação na campanha “Pilhão vai à Escola”. Trata-se de “um desafio lançado pela Ecopilhas, com o objetivo de sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade de recolher seletivamente pilhas e baterias usadas, levando as Escolas a adotar as melhores práticas ambientais” (in http://pilhaoescola.ecopilhas.pt/a-campanha). Este desafio foi aceite pelo Departamento de Ciências Exatas e da Natureza, que tem renovado anualmente a inscrição no mesmo. A Ecopilhas envia para o Agrupamento os contentores para as pilhas e baterias usadas, designados por “Pilhões”, que são distribuídos por diversas áreas das diferentes escolas (por exemplo, átrios e sala de professores) e também pelos alunos, no sentido de os motivar a fazer a sua recolha. 

A participação nesta campanha tem como finalidade principal a redução da quantidade de pilhas e baterias que são anualmente lançadas na natureza e mesmo aquelas que, acompanhando o lixo orgânico, acabarão por, direta ou indiretamente, contaminar o meio ambiente. Considerando que a campanha “Pilhão vai à Escola” pode implicar a atribuição de prémios por escola (http://pilhaoescola.ecopilhas.pt/premios), deixamos aqui o apelo a toda a comunidade educativa para participarem connosco nesta atividade cujo objetivo é, afinal, a proteção do ambiente em que vivemos. Todos nós, de uma forma ou de outra, utilizamos uma grande quantidade de pilhas e baterias no nosso quotidiano. Quer seja nos pequenos eletrodomésticos, em alguns dispositivos informáticos ou na maioria dos brinquedos que atualmente compramos (sendo que muitos deles são mesmo descartáveis, indo para o lixo assim que as pilhas se acabam!), são às centenas, senão aos milhares, as que todos os dias deitamos fora. Devemos, por um lado, procurar evitar a sua utilização e desperdício mas, caso tal não seja possível, tentar recuperar todas essas pilhas e trazê-las para a escola. Vamos também pedir aos nossos familiares (avós, tios e primos) e mesmo aos vizinhos para nos ajudarem a recuperar as que utilizarem e lembrar aos pais para trazerem as das calculadoras, relógios de parede e outras dos escritórios e demais locais de trabalho.

E, se não conseguirmos um dos prémios para a nossa escola, não fiquemos tristes. Antes pelo contrário, iremos ficar muito orgulhosos por termos contribuído para a construção de um futuro melhor!

EB/JI do Castelo: Projeto "Nós e os Outros" - outubro 2017

[Clique na imagem]

EB/JI do Castelo – “Nós e os Outros”

Chegados ao fim de outubro, damos notícias de mais algumas atividades desenvolvidas ao longo deste mês, no âmbito do Projeto “Nós e os Outros”.

No dia 2 antecipámos a comemoração do Dia Nacional dos Castelos e realizámos uma maquete de um castelo com materiais recicláveis.

A atividade seguinte realizou-se no dia 12. Esperavam-nos momentos não só divertidos, mas muito mexidos e do nosso inteiro agrado: “Aula de Dança”, pelos professores da Escola de Dança Art’Kompany.

A 19 vivemos momentos engraçados, alegres e de boa disposição com uma aula ligada às Expressões, desenvolvida por alunos da ETEPA:

                               • modelagem de balões                                             • pinturas faciais

                               • pintura livre                                                                  • jogos

A Associação Amato Lusitano continua a proporcionar-nos horas de diversão, descontração, mas ao mesmo tempo de aprendizagem e colaboração com todos estes parceiros que nos visitaram.

Ainda no dia 13, tivemos uma ação de sensibilização sobre Segurança, pelos Srs. Agentes da PSP – Escola Segura, que mais uma vez nos alertaram para os perigos e riscos que podemos correr e nos ensinaram como devemos proceder enquanto cidadãos responsáveis.

Um mês rico em experiências, novas formas de os alunos aprender e de se comportarem como elementos de uma Escola de Todos, onde, com alguns incentivos e dedicação, podemos transformar cada criança num fazedor de sonhos e de um mundo melhor.

-----

Mais fotografias em (publicação de 09/11/2017): Facebook Afonso de Paiva

Dados adicionais