Alunos do 9.º ano embarcaram numa viagem de riso e castigo dos costumes

No passado dia 22 de novembro, as turmas do 9.º ano do nosso Agrupamento tiveram a oportunidade de assistir, no auditório do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) de Castelo Branco, ao espetáculo teatral Auto da Barca do Inferno, encenado pela companhia de teatro ContraPalco.

Ávidos por visionar a peça e confirmar as suas expetativas em relação à passagem do texto dramático, estudado nas aulas, para a representação teatral e profissional do mesmo, os nossos alunos puderam desfrutar, durante uma hora e meia, de uma viagem a um “outro mundo”, ancorando num cais onde dois barqueiros, o Anjo e o Diabo, aguardavam a chegada de tripulantes merecedores das suas barcas. Por este cais, desfilaram personagens representantes da sociedade portuguesa do século XVI (mas em muitos aspetos ainda tão atuais), sujeitas ao julgamento implacável dos pecados cometidos em vida.

A peça de teatro Auto da Barca do Inferno, da autoria do escritor medieval Gil Vicente e da qual se comemora este ano o 500.º aniversário da sua primeira representação (em 1517, em Lisboa, nos paços da Ribeira), integra o programa da disciplina de Português do 9.º ano. Como tal, e dado o interesse pedagógico e cultural da mesma, os alunos puderam conciliar momentos de pleno divertimento, em que o riso foi a tónica dominante, com a consolidação dos conhecimentos adquiridos durante as aulas.

O excelente elenco da companhia de teatro ContraPalco contou com a participação de dois dos nossos alunos que, integrando de improviso a peça, representaram de forma exímia duas personagens figurantes que acompanharam a alcoviteira Brísida Vaz, proporcionando mais um momento hilariante do espetáculo.  

Após a representação, os atores interagiram com o público, dando a conhecer a sua agenda de espetáculos, bem como o sítio da Internet da Companhia, possibilitando aos alunos a apresentação de questões acerca da peça e da sua encenação. Como corolário deste momento, fizeram-se fotografias com alunos e atores.

-----

Mais fotografias em (publicação de 03/12/2017): Facebook Afonso de Paiva

 

 

Dados adicionais